jornal-campista-1-1536x688

Pagamento do Bolsa Família de março começa nesta sexta-feira

Primeiros contemplados serão aqueles que têm Número de Identificação Social (NIS) de final 1

Foto: Divulgação.

O Bolsa Família referente a março começa a ser pago nesta sexta-feira (dia 15). Os primeiros a receber serão os beneficiários do programa social com Número de Identificação Social (NIS) de final 1. O calendário se estenderá até o dia 28, com a liberação do benefício para os de final 0.(Leia mais abaixo)

 

Para receber o Bolsa Família, as famílias devem atender a requisitos nas áreas de saúde e educação, como a frequência escolar de crianças e adolescentes de 4 a 17 anos, o acompanhamento pré-natal para gestantes, a monitoramento nutricional (peso e altura) de crianças até 7 anos e a adesão ao calendário nacional de vacinação.(Leia mais abaixo)

 

Sem vale-gás

Neste mês, entretanto, não haverá liberação do vale-gás. Este auxílio é pago a cada bimestre, sempre em meses pares, considerando a média nacional de preço do botijão de 13kg nos últimos seis meses, apurada pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Este benefício específico contempla uma em cada quatro famílias beneficiárias do programa nacional de transferência de renda.(Leia mais abaixo)

 

Confira as datas de pagamento do Bolsa Família em março

NIS de final 1 – 15 de março

NIS de final 2 – 18 de março

NIS de final 3 – 19 de março

NIS de final 4 – 20 de março

NIS de final 5 – 21 de março

NIS de final 6 – 22 de março

NIS de final 7 – 25 de março

NIS de final 8 – 26 de de março

NIS de final 9 – 27 de de março

NIS de final 0 – 28 de de março

 

Como funciona o Bolsa Família

O Bolsa Família é subdividido em uma séria de benefícios:

Benefício de Renda de Cidadania (BRC): R$ 142 por pessoa na família.

Benefício Complementar (BCO): pagamento adicional para famílias cujos benefícios somados não alcancem R$ 600, garantindo o mínimo desse valor por família.

Benefício Primeira Infância (BPI): acréscimo de R$ 150 por criança com idade de 0 a 7 anos incompletos.

Benefício Variável Familiar (BVF): pago por criança com idade entre 7 e 12 anos incompletos; ou adolescente com idade entre 12 e 18 anos incompletos, no valor de R$ 50 por pessoa que atenda aos critérios.

Benefício Variável Familiar Nutriz (BVN): adicional de R$ 50 por membro da família com até 7 meses.

Benefício Extraordinário de Transição (BET): aplicado em situações específicas para assegurar que nenhum beneficiário receba menos do que recebia no programa anterior, o Auxílio Brasil. Será pago até maio de 2025.

 

No mês passado

Em fevereiro, o Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome (MDS) pagou R$ 14,45 bilhões a mais de 21,06 milhões de residências inscritas no programa Bolsa Família. O benefício médio, portanto, ficou em R$ 686,10, um dos maiores da história do programa.

 

Fonte: Extra

Relacionados