jornal-campista-1-1536x688

Novo Centro Cirúrgico começa a ser construído no HGG

Espaço vai ganhar mais de 100 metros quadrados de área construída, uma central de Tecnologia da Informação e novos equipamentos; previsão de entrega é até o dia 30 de março

Foto: Divulgação.

O Centro Cirúrgico do Hospital Geral de Guarus (HGG) entrou, nesta semana, no cronograma de execução de obras, em mais uma frente que vai integrar o Novo HGG.(Leia mais abaixo)

O espaço, que já é amplo, vai ser aumentado em 110 metros quadrados. De três salas cirúrgicas, o novo centro passará a ter cinco salas, aumentando a capacidade de procedimentos simultâneos. A nova sala de recuperação anestésica contará com seis leitos. O centro cirúrgico possui, ainda, farmácia própria, sala para guarda de equipamentos e terá uma central de Tecnologia da Informação (TI).(Leia mais abaixo)

 

“Estamos comemorando não só a criação das novas salas cirúrgicas, mas o que isso vai representar. Com essa amplitude, faremos cirurgias de maior complexidade. Temos a ambição de realizarmos, inclusive, transplantes renais, ativando esse serviço público no Norte do Estado”, vibra o superintendente do hospital, Dr. Vitor Mussi.(Leia mais abaixo)

 

De acordo com Mussi, o novo espaço ganhará um sistema de segurança elétrica estática. “O novo Centro Cirúrgico será revestido com piso condutivo, que isola o ambiente hospitalar contra descargas elétricas, evitando acidentes. O sistema contará com outros itens de proteção contra descargas elétricas, como componentes de redução de instabilidade das cargas”, completa.(Leia mais abaixo)

De acordo com o mestre de obras Rudineli da Silva Santos, a previsão de entrega do novo centro cirúrgico é até o dia 30 de março. “Estamos na fase de construção de novas paredes. Atuamos com 37 profissionais a todo vapor nessa frente que abrange, também, a reforma da pediatria. Nossa equipe é sólida e completa, com pedreiros, serventes, carpinteiros, serralheiros, pintores, entre outros”, afirma.(Leia mais abaixo)

As obras do Novo HGG começaram em 2021, e já foram entregues a Nova Emergência, Recepção, Setor Administrativo e o novo Centro de Tratamento Intensivo (CTI) com número de leitos em dobro, somando 20.

Relacionados